A EXPIAÇÃO

Por Dr. W. Cleon, Membro da Igreja, fundador do Centro Nacional para Estudos Constitucionais, autor de mais de 30 livros (muitos deles com temas voltados para a Igreja). Atualmente é aposentado do FBI, da BYU e trabalha como palestrante.


Um Interessante Discurso Sobre o Maior Acontecimento da Humanidade

(Continuação...)

Agora, o genial da solução é que os Deuses sabem que estas pequenas inteligências tem capacidade de sentir compaixão. Elas são exatamente como eu ou tu, por isso a expiação não é baseada na lei, mas sim na misericórdia, isso está em em Alma 34:15. Por outras palavras, vamos tentar "tocar" essas inteligências de alguma maneira que possa sobrepujar as exigências da justiça, com o quê? Bondade e misericórdia, para que nós possamos sobrepujar as exigências da justiça.

A família de Deus deve ter planeado estas coisas à muito mas muito tempo, visto que isto é um padrão. Lembram-se de quando estávamos a selecionar um salvador? Jesus voluntariou-se, e Satanás disse: "Sabes Pai, isto é uma moda muito antiga para mim, isto não é necessário, quando podes satisfazer as inteligências do universo somente pondo-lhes um colete de forças e fazê-los passar pelo segundo estado. Acho que é realmente uma grande idéia, e mereço todo o crédito pois estou a oferecer a toda família um seguro contra todos os riscos. A única coisa que peço é que retires o livre arbítrio só por um pouco de tempo e pôr-lhes um colete de forças e assim passá-los pelo segundo estado, depois as inteligências não os podem rejeitar; enviamo-los, damos-lhes corpos, evitamos qualquer quebra de leis, e depois trazemo-las de volta. É muito simples!!" .

"NÃO" , disse o Pai, "Não é assim tão simples" .

Aparentemente implica, que se introduzisse compulsão, e conduzisse até ao eterno plano de salvação, ou até ao universo cósmico, a coesão dominaria aí, e semeava sementes de quê? De revolução, desintegração; tudo aquilo que existe, move-se de livre vontade, desta forma não existe revolução, e Satanás diz: "Vou começar uma revolução!!" E ele fê-la.

Jesus disse: "Pai, eu fá-lo-ei à tua maneira. Fá-lo-ei da maneira que sempre teve de ser. Teremos baixas, isso é verdade, mas pelo menos manteremos a participação voluntária que sempre tivemos nos passado. Sei que alguém tem de sofrer de forma a expiar e a despertar o sentido da compaixão, e eu posso fazê-lo" .

A revelação diz que a guerra no céu foi uma reunião de testemunhos, visto que dizíamos uns aos outros: "O plano de Pai é o plano certo" . Não queremos introduzir a compulsão. Se começarmos a usar compulsão, sabe-se lá onde vamos parar. Lúcifer está a tentar roubar o trono ao nosso Pai Celestial, e quer a glória para ele. Não há nada no plano de Satanás a não ser rebelião e destruição.

No final conseguimos ter dois terços do nosso lado. No principio tínhamos uma minoria conosco, mas conseguimos no final dois terços, e o outro terço apoiou o plano seguro, o plano contra todos os riscos. Eles não quiseram ariscar conosco.

Pronto, agora vamos saber como trabalha a expiação. Observem como este principio funciona. Ponha-se no lugar de uma inteligência, capaz de sêr submetida a sentimentos como simpatia e compaixão! Vocês deixam de pedir contas por todo o pedaço de lei. Sabes que a lei permite isso! Já notaram? FUNCIONA!! Vamos ao tal principio: Elas tem que ter uma pessoa que seja infinita como diz em Alma 34, alguém que seja amada. Infinitamente significa completamente, todos o sabem!.

Por isso foi escolhido um espírito tão superior, é o primeiro conselheiro da presidência lá do céu.

Ele é tão honrado, que quando o Pai quer fazer algo, ele fala-lhe e então diz às inteligências o que fazer, ele é identificado como o Verbo ou a Palavra. Ele é aquele por quem passa a palavra. Ele é amado e respeitado por todos, tal como o Pai.

Por isso vamos usá-lo. Ele é infinitamente amado, e fizemo-lo vir cá abaixo ao segundo estado, viver uma vida perfeita e sem ofensa, para que possa voltar à presença do Pai. Enquanto trabalhava entre a família humana, fizemo-lo sofrer tão terrivelmente que as pequenas inteligências em todo o universo se revoltaram! É terrível o sofrimento pelo qual ele teve que passar, elas amavam-no como diz no Livro de Mórmon, que mesmo os elementos da terra do norte não suportaram e houve grande destruição como nunca houve antes. Os próprios elementos estavam a chorar por alguém que eles amavam, e contra a terrível tortura que ele estava a sofrer.

E tudo isto por desígnio! Esta era a missão de Jesus o Cristo. Ele sofreu tanto que quando ele interceder em nosso favor, porque nós fizemos o nosso melhor, através do arrependimento, que aquelas pequenas inteligências dirão: "Bom, eles realmente não poderiam voltar, mas se tu queres! Afinal sofreste por eles, sim, eles podem entrar".

Isto é a EXPIAÇÃO. Ouçam Alma 34:15-16, assim como os profetas, que costumavam entender e pregar intensivamente. Ouçam os versículos: "E assim trará a salvação a todos quantos acreditarem no seu nome, sendo a finalidade do seu sacrifício despertar as entranhas da misericórdia, que sobrepuja a justiça, dando meios para que os homens possam ter fé e se arrepender.

E assim a misericórdia pode satisfazer as exigências da justiça, e os envolve nos braços da segurança, enquanto que aqueles que não exercem a fé para o arrependimento ficam expostos a todas as disposições das exigências da justiça; portanto, apenas sobre os que possuem fé para se arrepender tem efeito o grande e eterno plano da redenção" .

Vou ler agora D.& C.45:3-5, e ouçam o Salvador a falar-nos sobre o assunto: "Ouvi aquele que é o advogado junto ao pai, e que está pleiteando a vossa causa perante Ele. Dizendo: Pai, contempla os sofrimentos e a morte daquele que não cometeu pecado, em quem Te comprazeste; contempla o sangue do Teu Filho que foi derramado, o sangue daquele que deste para que Tu mesmo fosses glorificado; Portanto, Pai, poupa estes Meus irmãos que crêem em Meu nome, para que possam vir a Mim e ter a vida eterna" .

Salvador não pleiteou junto ao Pai por aqueles que não crêem nele; Ele não podia. Não lhe era permitido, pois assim não havia justiça. Mas pleiteou junto ao Pai por aqueles que acreditaram nele para que pudesse vir a Ele e tivessem a vida eterna.

Deus o Pai agora pode fazê-lo sem deixar de ser Deus por causa do quê??...MISERICÓRDIA!!

Deixem-me dar-lhes um exemplo de como isto funciona.

Durante a guerra civil Americana, houve um soldado de 19 anos que adormeceu enquanto estava de guarda. Uma secção inteira de soldados do norte foram mortos naquele sector, ele perdeu muitos dos seus amigos, e tudo porque ele adormeceu e os sulistas conseguiram atacar de surpresa com sucesso, naquele flanco de defesa. Ele sobreviveu, foi a tribunal de guerra, e foi sentenciado a sofrer a morte por enforcamento, ter negligenciado o seu dever, e ter adormecido enquanto servia de vigia, o que é rotina na lei militar.

A sentença de morte, e a ordem de execução foram colocadas na secretária do presidente Lincoln, e ele estava preparado para assinar. Tínhamos perdido um lote inteiro de valiosos homens, porque um soldado de 19 anos adormeceu. (Não me lembro se foi através de uma carta ou de visita pessoal, mas isso não é significativo) O presidente Lincoln recebeu um comunicado de uma senhora idosa (penso que pessoalmente), e esta mãe disse ao presidente: "Quando a guerra começou tinha marido e seis filhos. Primeiro perdi o meu marido e depois perdi cinco dos meus filhos. Agora só me resta um único filho, e ele está prestes a ser executado por negligência em serviço. Ele sente-se extremamente mal acerca do sucedido, e sabe que merece morrer, ele está à espera de morrer, mas, presidente Lincoln, eu questiono-me, se talvez devido ao poder de perdoar que o Sr. tem devido à constituição, se por mim poderia perdoar o meu ultimo filho, e deixá-lo viver" .

O presidente Lincoln disse àquela mãe: "Por si, dou perdão ao seu filho. Eu oro a Deus que ele sobreviva à guerra e que lhe seja uma benção todos os dias da sua vida" .

Devemos perdoar sempre até 70 vezes 7 como Jesus ensinou, e lembrar sempre que não estamos livres de estar numa posição similar à daquele jovem soldado.

Estão a ver como funciona a compaixão? Sobrepuja completamente as exigências da justiça, e ninguém critica o presidente Lincoln por ter usado o seu poder de conceder perdão naquele caso, visto que todos nós sabemos da intercessão daquela mãe. É assim que todos somos.

Quando foram para a ultima ceia, a Páscoa do cordeiro, e Ele olhou para os 12 e disse: "Em verdade vos digo que um de vós me há de trair" . E Pedro disse a João: "Tu que estás mais perto de Jesus, Pergunta-lhe quem o vai trair" . E João o bem amado disse : "Senhor, quem??" . E o Salvador sussurrou: "Aquele a quem dou a ceia" . E pegando num pedaço de pão, deu a Judas e disse: "agora faz o que tens de fazer" . E Judas saiu.

Pergunto-me se Judas suspeitava que talvez Jesus soubesse, não sabemos. De facto, achamos que não, ele já tinha recebido as trinta moedas de prata. Ele já tinha concordado em trair o Cristo. E ele, Judas foi ter com os anciões da cidade.

Diz-se que nesta altura Jesus ficou muito deprimido, então ele levantou-se e fez aquela maravilhosa oração de sumo sacerdote que encontramos em João 17:20-21, onde Ele pede ao Pai desta forma: "Eu não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela sua palavra hão de crer em mim; Para que todos sejam um, como tu o Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste" . E no maior sofrimento e angustia ele intercedeu naquela oração. Então disse: "Partamos, eu preciso de orar" .

E assim, partiram da parte da cidade onde viviam as pessoas mais pobres (pensamos que foi aí que isto realmente ocorreu). Atravessaram a praça do templo, saíram pelo portão dourado no lado Este, e prosseguiram o trajeto do ribeiro de Kidron até subirem ao topo do Monte da Oliveiras onde já estivera durante duas semanas.

Já de noite, e ao prosseguirem na subida, Jesus dirigindo-se a oito dos seus discipulos diz-lhes para permanecerem junto ao portão. Ele levou Pedro, Tiago e João, entrou no jardim, e então disse-lhes que ficassem ali e vigiassem. Afastou-se então um pouco, e subindo o lado da colina embrenhou-se um pouco mais no jardim.

Aparentemente, João foi o único que ficou acordado, e ouviu cair de corpo inteiro no chão. Ele não se ajoelhou numa rocha, diz lá que "prostrou-se sobre o seu rosto" . Ele disse: "Ó Pai, todas as coisa te são possíveis, afasta de mim este cálice, todavia não se faça a minha vontade mas a tua" .

Reparem que o que ele está a dizer é "Pai tu és Deus! Tu és todo poderoso. Todas as coisas te são possíveis, não me faças passar por isto. Podes resolver isto de outra forma" .

Então o anjo que desceu para ministrar a Jesus, indubitavelmente lhe explicou uma coisa da qual Ele se tinha esquecido. Tinha se esquecido da sua preexistência, pois tinha nascido para sofrer e morrer!

O que o anjo lhe deve ter dito, ainda que não tenhamos um registro da mensagem não ficaria nem um pouco surpreendido se não tivesse sido algo como isto: "Ó Jeova, Tu és o filho de Deus, não tens que fazer isto a menos que o desejes, mas deves saber que se não cumprires esta missão, o Pai perderá, não só esta família, como toda a sua família, e também toda a criação e tudo o que está associado a ela; os planetas, as plantas, os animais e tudo aquilo que pelas tuas próprias mãos construíste, estará perdido e voltará ao caos e ás trevas exteriores de onde são provenientes" .

Isto é o que eu suponho que o anjo lhe deve ter dito porque quando o anjo terminou a sua ministração, Jesus disse: "seja feita a tua vontade".

E Ele suou gotas de sangue, os canais do seu fluído da vida nem sequer puderam conter o sangue, e este invadiu as glândulas sudoríferas, e derramou-se para fora da pele como grandes gotas de sangue.

Que agonia aquele momento!

Não teríamos conseguido suportar aquilo. Não temos sequer uma vaga idéia o quão terrível foi aquele sofrimento, mas Jesus deu-nos alguma idéia como foi em D.& C.19:15-19. "Portanto, ordeno que te arrependas - arrepende-te para que Eu não te fira com a vara da minha boca, e com a Minha ira, e com a minha cólera, e os teus sofrimentos sejam dolorosos - quão dolorosos tu não o sabes, nem quão pungentes, sim, e nem quão difíceis de suportar. Pois eis que Eu, Deus, sofri estas coisas por todos, para que arrependendo-se não precisassem sofrer; Mas, se não se arrependessem, deveriam sofre assim como Eu sofri. Sofrimento que Me fêz, mesmo sendo Deus, o mais grandioso de todos, tremer de dor e sangrar por todos os poros, sofrer, tanto corporal como espiritualmente - desejar não ter de beber a amarga taça e recuar. Todavia, gloria ao Pai, Eu tomei da taça e terminei as preparações que fizera para os filhos do homem". Agora, vais aceitar isto?? Cristo disse: "Fiz isto por ti, não o desperdices; se fores obediente e te arrependeres o espírito justifica-te e serás santificado; não desperdices tudo isto, não uses o nome de Deus em vão. Eu fi-lo por ti, agora vinde a mim, lembra-te, vinde a mim" .

Bom...! Depois disso, Judas veio com os saldados. Jesus ouvi-os e voltou-se para onde estavam os 3 apóstolos à espera, e encontrou-os a dormir. Talvez soubessem mais se eles não tivessem adormecido.

Era de noite, os soldados vinham com Judas, eles tinham tochas. Já tinham visto Jesus na praça do templo, Judas veio até perto dele, tomou-o nos seus braços e disse: "Avé, mestre" . salvador olhou para ele e disse: "Judas, tu trais o filho de homem com um beijo?" .

Nessa altura os soldados gritaram: "prendam-no, prendam-no" . E todos os outros fugiram. Estava lá um rapazinho, acabado de chegar, com o intento de avisar o salvador que tinha acabado de se levantar, (achamos que era o pequeno Marco, porque Marco é o único que se refere a ele).

O rapazinho estava envolto em um lençol. Aparentemente veio com o propósito de avisar o salvador. Talvez ele tenha visto os soldados a caminho (suponho eu).

Depois disso, o salvador foi levado a casa de Anás, e logo de seguida a casa de Caifás. Todos se lembram da noite terrível que Ele passou. Lembram-se das 3 vezes que Pedro negou Jesus. Pedro estava petrificado, ele nunca se perdoou por ter negado a Jesus.

Na manhã seguinte houve um julgamento ilegal perante o sinédrio e como não podiam matar Jesus sem o consentimento publico de Pilatos; Levaram-no para uma praça aberta perto da praça do templo e apresentaram Jesus perante Pilatos. Este tentou criar simpatia em seus corações chicoteando Jesus e pondo-lhe uma coroa de espinhos. E o sangue correu pela face dele com as suas vestes já cheias de sangue; Pilatos trouxe-o e disse: "Olhem para este homem!" , o povo gritou: "CRUCIFIQUEM-NO, isso não é suficiente, CRUCIFIQUEM-NO" "Tragam-me água" . Disse Pilatos, "Vejam, lavo as minhas mãos deste julgamento. Crucifiquem-no" .

Então, eles levaram-no com a cruz, e ele carregou-a enquanto o seu corpo dorido conseguiu suportar a dor. Finalmente levaram-no ao topo do Lugar da Caveira, e lá pregaram os pregos, primeiro nas suas mãos, depois nos pés, e por fim puseram a cruz de pé. Dois ladrões foram crucificados, um de cada lado. A terra tremeu, o céu escureceu à hora do meio dia e assim permaneceu com a terra tremendo ocasionalmente até às 3 horas da tarde.

Todo o continente Americano tremia, e como ele, as ilhas do mar.

Já perto do fim ele gritou: "tenho sede" , puseram vinagre numa esponja, porque isso supostamente aliviaria um pouco a dor.

Em agonia olhou para baixo: "João eis aqui a tua mãe, mãe eis aí o teu filho" . Aparentemente José tinha morrido, e ele estava a dizer: "João toma conta de Maria" .

Começaram então a atormentá-lo, a aborrecê-lo, a acusarem-no dizendo: "porque não desces da cruz, porque não te salvas a ti próprio" . Tudo isto também pode sêr encontrado em Salmos 22. Tudo isto tinha sido visto por Davi, ele sabia as próprias palavras que Jesus diria.

Então, quando a agonia era quase insuportável, e a noite estava a cair, eles teriam que partir as pernas aos crucificados para que morressem mais rapidamente. E à hora nona exclamou Jesus em voz alta; "Eloi Eloi, lama Sabactâni?" , isto é Deus meu Deus meu, porque me desamparaste?.

O espírito de Deus retirou-se deste homem. Ele tinha que o fazêr só, agoniar na cruz, mas por breves momentos. Então o espírito de Deus voltou a Ele dizendo: "Meu filho, eu estou aqui. Conseguiste" .

Jesus então levantou a sua face e disse: "está terminado. Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito!" e assim morreu. Naquele momento, Jesus tornou-se no CRISTO.

Ele tinha feito tudo aquilo que era necessário para sobrepujar as exigências da justiça para que pudéssemos voltar a Deus.

Ele conseguiu!! E pelo poder daquela grande força que estava nele, em três dias e três noites conseguiria levantar-se, ressuscitar, purificar e glorificar o seu corpo.

E é uma emoção tão grande contemplar Maria Madalena e a outra Maria enquanto vinham apoiando-se uma na outra, e acharam a porta do sepulcro revolvida!, cremos que sabemos mais ou menos a localização do sepulcro, não temos a certeza, mas a descrição encaixa perfeitamente. É mesmo ao fundo de uma colina descrita pelo salvador. É o único sepulcro existente ali.

Quando não encontraram o corpo ficaram perplexas, e pensaram que alguém tinha roubado o corpo. Talvez tenha sido o jardineiro, e quando ela o vê em pé ali parado olha-o por entre lágrimas e diz: "Senhor se tu o levas-te daqui, dize-me onde o puseste, e eu o levarei" .

A pessoa que estava ali disse: "Maria" ela olhou para ele e disse: "Raboni" e Ele disse-lhe: "Não me toques porque ainda não subi para o meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus" . E dizendo isto subiu para o Pai. (João 20:11-17)

Esta é a história da Páscoa.

Nosso Pai celestial sofreu tanto nessa noite no jardim Getsêmani. Quando aquele filho que estava ali prostrado nas folhas por debaixo das oliveiras e disse: "Ó Pai de se for possível afasta de mim este cálice" , que quis dizer que pelo menos algum dos seus filhos aqui na terra pudesse saber como foi aquela noite para ele. Por isso Ele disse ao nosso grande ancestral Abraão: "quero que pegues no teu filho amado, o leves até ao topo do monte Mosiah e que mo ofereças em sacrifício".

"PORQUÊ ??" , disse Abraão. "Toda a minha vida tenho pregado contra o erro que é o sacrifício humano. Meu único filho, e tu Senhor prometeste levantar uma semente, tão numerosa como as areias da praia. Agora tenho de matá-lo??"

Sem dizer a Sara, ele levou o seu jovem filho, provavelmente já na sua adolescência, para o topo do monte Mosiah, e lá disse ao seu filho que não o teria se não fosse através de uma benção especial de Deus para que a mãe o pudesse conceber; e Ele enviou-te a mim e agora quer tomar-te de volta. Não por doença, guerra ou velhice, mas por sacrifício a Ele.

Ele levantou a faca; oh que angustia de pai. Em Jacó 4:5 no Livro de Mórmon, diz que isto aconteceu para simbolizar os sentimentos de pai e do filho. Isso aconteceu para que pelo menos um pai humano pudesse saber como foi a angustia e a dor naquela noite no Jardim de Getsêmani. Como Jesus disse: "Aba, Pai todas as coisas te são possíveis; afasta de mim este cálice" .

Vou acabar por aqui. Talvez agora possam começar a entender esta maravilhosa doutrina sobre o qual o Presidente Kimball falou na reunião de sacerdócio.

As inteligências do Universo, e o fato de que a honra de Deus é aquilo que o torna Deus. O fato de que se Ele perde a sua confiança, Ele simplesmente cessa de ser Deus. Estas são doutrinas básicas do evangelho restaurado, assim como Jacó 2 relata.

Porque não falamos mais acerca da Expiação? Acerca da ressurreição?. Acho que estamos de acordo de que poderíamos falar acerca da verdadeira base da Expiação. Falamos acerca disso como um fato comprovado sem nunca tentar a aproximação ao Pai e dizer: "Pai Celestial, acho que agora compreendo um pouco" .

Não sei o que este conhecimento lhes faz, mas a mim fez-me amar o meu Pai celestial como nunca aconteceu antes, e aprendi a amar o meu salvador Jesus Cristo como nunca.

Agora sei o que estas duas maravilhosas Personagens fizeram por mim e por ti. E todas as crianças deste mundo e todas as pessoas deste planeta e todas as maravilhosas coisas com que Eles nos abençoaram teriam sido destruídas ou perdidas para sempre se eles não fizessem o que fizeram. Por isso eu Os amo muito!. E presto o meu testemunho a vocês meus irmãos e irmãs do fundo do meu coração, de que Jesus é o Cristo, e temos um Pai Celestial que nos ama. A Expiação é um principio ativo e verdadeiro; a ressurreição é uma realidade; o perdão dos pecados é possível, e se nos arrependermos sinceramente podemos ser restaurados e voltarmos para nosso Pai Celestial. (Isaias 1:18)

Oro a nosso Pai Celestial para que não o decepcionemos, e assim sejamos bons missionários compartilhando esta grandiosa mensagem com o nosso proximo, e tomemos todos os filhos de Deus e possamos encontrar e compartilhar os 13 maravilhosos passos selecionados no fim destas palavras. Este é o meio pelo qual podemos alcançar os filhos de Deus. Os passos descrevem o valor de cada benção que podemos transmitir. Sem os chocar devemos agir de maneira que possam aprender dentro da sua capacidade de assimilação. Cada alma que possamos ajudar a salvar, nosso Pai Celestial nos abençoará mais do que podemos entender ou sonhar.

Agradeço o convite de discursar para vocês esta noite. Estou grato por sentir toda a noite a presença do vosso doce espírito, com que o nosso Pai Celestial os abençoou.

E agora ao deixar este Vale, levo comigo algumas boas memórias.

Tentarei voltar em Outubro, deixo a minha benção e oração para vós e vossa família para que possam ser dignos da Expiação de Jesus Cristo e do seu evangelho que foi restaurado para nossa salvação.

Esta é a minha oração em nome de Jesus Cristo, Amén.

19 de Fevereiro de 1982

1 - 2Néfi 2:14 . As coisas que agem a as que recebem ação.

2 - D.& C. 93:29 . As inteligências sempre existiram.

3 - D.& C. 93:30 . As inteligências agem quando estão prontas.

4 - Abraão 3:19,23 . De todas as inteligências Deus é a maior.

5 - D.& C. 93:33 . Os elementos são eternos.

6 - Abraão 4:10,12,18 . Os elementos têm inteligências. (Helamã 12:8-9) .

7 - Jacó 4:6 . As inteligências obedecem a Deus. (1Néfi 20:13) .

8 - D.& C. 29:36; Moisés 4:1,4; Alma 42:13,22,25; Morôni 9:19 . A fonte do Poder de Deus é a honra.

9 - Alma 34:9; 2Néfi 9:9 . Quando estamos na terra, Deus não nos pode salvar, e não nos pode trazer de volta.

10 - Alma 34:11 . Ninguém pode sofrer pelos pecados de outrem.

11 - Alma 34:15 . As inteligências têm capacidade para sentir compaixão. A expiação é baseada na misericórdia e justiça.

12 - D. & C. 45:3 . Misericórdia sobrepuja a lei.

13 - D. & C. 19:15,19 . A Expiação.

A EXPIAÇÃO: por Cleon Skousen

Traduzido e escrito em Português por Américo Nunes e Sandra Nunes

Deseja comentar?