Por que Pedro Negou a Jesus?


Antes da chegada do Espírito Santo, toda influência e confirmação da verdade eram feitas pela presença de Jesus.
 
Quando os discípulos estavam com Ele toda a plenitude da confiança e certeza de que Jesus era o Messias estavam com eles.
 
A presença do salvador irradiava toda a luz da verdade. Quando Pedro estava com o mestre quando de sua prisão, ele foi extremante corajoso em defendê-lo, pois a presença do espírito era muito forte, porém quando de seu julgamento e afastado dessa presença ele fraquejou e o negou.
 
Certa vez quando Jesus perguntou a Pedro quem ele, Jesus, era, e Pedro respondeu afirmando que ele era o filho de Deus, Jesus prontamente complementou que não fora ele, Pedro, que soubera disso por si, mas que o espírito de Deus o havia confirmado.
 
Outra situação interessante sobre Pedro é quando ele vai ao sepulcro junto com João e nem Jesus nem tão pouco os anjos se apresentam primeiramente a eles, mas tão somente a Madalena.
 
No livro "Peter, my brother", escrito pelo Presidente Kimball, o autor diz:
 
"Como outros humanos, Pedro poderia cometer alguns erros no seu processo de desenvolvimento, mas ele seria forte, fiel e digno de confiança como um líder do Reino de Deus" (Peter, My Brother, SY: 1971, p. 2.)